sexta-feira, 11 de agosto de 2017

É certo o Governo propor salário de R$5 mil para todos funcionários públicos?

Ontem saiu a notícia de que o Governo Federal pretende impor o valor de R$5 mil como salário para os funcionários públicos. E como um bom filho da puta que sou, vou discorrer sobre isso logo após este meme.


Defeito no Viagra?


Ao contrário do que pensam os esquerdistas, o Brasil não está satisfeito com o Drácula Temer. Eu não sou nenhum analista político pra saber exatamente o por quê da escassez de panelaços, mas é fato que:

  1. O PT quebrou o país;
  2. A classe média odeia o PT por N motivos. O PT é como sogra: é muito fácil de odiar;
  3. Inflação voltou ao controle;
  4. Desemprego ainda é alto, mas novas vagas foram criadas;
  5. A economia está sob controle, em comparação com o governo Dilma.
Todo mundo sabe dos escândalos, todo mundo sabe que o PMDB é uma cópia fiel do PT e etc. Mas o que derruba um governo mais do que corrupção é a instabilidade econômica e política. A Dilma caiu por isso. O Collor também. Então foi golpe? Não, seu verme! Os crimes estavam ali, mas poderiam muito bem serem abonados (como sempre fizeram) se estivessem entregando um mínimo de serviço.

Além disso, 2018 está aí. Ninguém sabe exatamente o que uma mudança agora poderia causar. Ninguém sabe nem se esse velho imundo vai estar vivo até a próxima semana.

Você achando legítimo ou não o governo dele, reformas precisam ser feitas. FHC queria, tentou, fez pouco. Lula queria, tentou, fez quase nada. Dilma queria, tentou, não fez nada. Todos políticos tentam há anos lidar com as mesmas questões de sempre: dívida pública, déficit orçamentário, previdência e etc. Todos já tentaram ferrar com o povo (na verdade conseguiram, mas você entendeu).

Enfim, o Temer é um bandido como os outros, mas não está errado (nem 100% certo) de propor certas reformas. Uma delas é a do funcionalismo público.


Por que a sociedade odeia os "funças"?

A sociedade odeia o funcionalismo público. Alguns odeiam muito, outros odeiam pouco e boa parte odeia mas quer fazer parte. Instituições como a PF ainda são muito bem vistas e elogiadas. Outras como Receita e empresas públicas, são vistas como um câncer.

A má fama do funcionalismo é antiga. Os apadrinhados políticos reinavam e o serviço era 10 vezes pior antes da Constituição de 1988. O Brasil também está sempre nas piores posições de rankings sobre prestação de serviços públicos em relação ao pagamento de impostos. Como todos já sabem são 5 meses e até mais de inferno trabalho só para pagar impostos.

E se não bastasse a escassez de hospitais, infraestrutura e sistemas podres e etc., o povo brasileiro é um desgraçado de FDP. Se você juntar isso com comodismo, sensação burra de "poder", preguiça, e muita "filhadaputagem", terá um dos piores atendimentos de serviço público da galáxia.

Não vamos esquecer que mesmo com a obrigatoriedade de concursos através da CF 88, muitos cargos ainda são ocupados por terceirizados e comissionados. Grande parte desses são ainda mais imundos que os funças ruins do Estado. A "burrocracia" e a falta de autonomia também são ingredientes neste caldeirão de merda. A maior parte das ordens e regulamentos vêm de políticos e indicados dos mesmos.




Se boa parte do serviço é o cocô do cavalo do bandido, por que pagamos tão caro por ele?

Primeiro o óbvio: desde que colocaram o pé nesta terra amaldiçoada a farra começou. Claro que é natural uma remuneração um pouco mais vantajosa em cargos superiores em empresas, e um pouco dessa política é implementada no governo. Só que aqui no BR um político a serviço de satã que contratasse seu sobrinho não iria pagar um salário mínimo, mesmo que o trabalho do pirralho fosse pra ficar tirando xerox.

Então essa cultura antiga de "dinheiro para os amigos do rei" foi ficando, principalmente em cargos do alto escalão. Já outros cargos, principalmente antes da CF 88, não eram como hoje. Se você perguntar pra algum velhote que não sofra de Alzheimer sobre como era trabalhar para o governo antigamente, é capaz dele dizer pra você que era uma bosta. Ninguém queria ser funça. Se a PF hoje não teve grana pra expedir passaportes, imagina antigamente que nem grana pra gasolina tinha direito? Principalmente policias estaduais.

Eu conheço pessoalmente alguns caras velhos que já trabalharam pra vários setores do governo e saíram. Os caras dizem que não tinham ideia de que as coisas poderiam melhorar tanto e que alguns colegas ganhavam tão mal antigamente que ou era trabalhar no setor privado ou passar fome. Nenhum pai queria ver seu filho trabalhando para o estado.

Em dado momento da história deste país imundo o governo começou a perder funcionários para o setor privado, e com isso a solução foi aumentar os salários e conceder certos benefícios e privilégios para atrair novamente mão-de-obra, e claro, para atrais funcionários mais qualificados.

Agora entenda bem, seu lixo: não foi 100% isso. É óbvio que a canalhice comeu solta e para driblar coisas como o Teto Constitucional (basicamente ninguém pode ganhar mais que um Ministro do STF) criaram várias verbas indenizatórias, os famosos penduricalhos. Principalmente no judiciário. Então hoje temos, sei lá, cerca de 33 mil de Teto, mas com indenizações como auxílio moradia e vendas de "mil dias" de férias um juiz pode ter folha mensal de mais de R$100 mil.


Todo funça ganha bem e todo mundo quer ser funça?

Como vimos, um juiz pode ganhar muita grana num só mês. O "Herói Nacional" Sérgio Molho em algumas situações já tirou mais de R$70 mil em um único mês. Vários juízes que fizeram muito menos que ele tiraram igual ou até mais. O judiciário portanto é um dos mais onerosos e mais FDP. Já a classe que a população adora colocar em cartazes de protesto (professores) ganha em média R$2.200,00 na rede básica. Professores universitários já ganham mais, entre 9 a 16 mil.

A média dos salários do funcionalismo gira em torno de R$3.200,00. Você não pode se esquecer que funcionário público é desde um morto de fome limpador de fossa da prefeitura, até um Procurador, Juiz ou Auditor fodão. Claro que funças do governo federalho ganham mais, tendo a maioria um salário de R$4.500,00 a R$6.500,00.

Já a iniciativa fossa privada tem uma média de R$2.500,00, e todos os dias jornais, sociedade e mundo jogam isso na cara dos funças pra eles se sentirem mal e se matarem, o que não ocorre. E empreendedores ganham em média 5 paus no rabo R$5 mil.




Aqui já fica claro uma coisa: quer ganhar mais dinheiro, seja empreendedor. Toda regra tem sua blá blá, mas todos os malditos funças que ocupam cargos que todos nós pobres imundos sonhamos, e depois aparecem nas notícias sendo presos em casos de corrupção deveriam saber disso. Quer ficar rico? O serviço público não é pra você. Eu ainda acho que o serviço público é para fracassados como falei nesse post aqui. Deveria ser.

E quando eu digo isso eu não quero dizer que o serviço público tenha que ter pessoas ruins, mas que a iniciativa privada deve ter os inventores, os cientistas, os gênios e os que tem potencial de gerar mais renda. Serviços administrativos, burocráticos e outros mais especializados que exigem mais gosto (polícia, bombeiro...) deveriam ficar com quem quer uma vida mais tranquila, que quer prestar seu serviço e receber uma grana, que  não quer desenvolver um programa de recompensa para os cartões Bolsa Família.

Então não é que o funcionalismo merece só os piores e acomodados, mas quem sonha grande deveria correr atrás de realizar sonhos grandes. Servir o público como um gestor by João Dória deveria ser obrigação de todo funcionário público e muitos recém chegados tem essa vontade de fazer e acontecer, só que o retorno vai ser "sempre o mesmo". O problema é que o Brasil é uma bosta, o mercado de trabalho um lixo, os impostos e burocracias absurdos e muitos que tem potencial pra empreender ou crescer bastante na inciativa privada acabam preferindo a estabilidade e os bons salários do funcionalismo, certo, seguro e "mais justo" para entrar.


Reduzir os salários do funcionalismo é certo ou errado?

Sim e não. Pensar que todos os problemas do Brasil são causados pelos funcionários públicos não é muito certo. Mesmo que você odeie essa "raça" como muitos dizem, com certeza conhece algum parente ou colega que é funcionário público e que você considera uma boa pessoa e vê que é honesto e bom profissional. É justo essa pessoa ganhar pouco?

Como eu já disse, existe uma discrepância enorme entre os salários e tirando um pouco o lado meritocrático da coisa, de cargos que exigem mais complexabilidade, nível superior e etc., temos sim casos surreais de motoristas, garçons e outros ganhando mais de R$20 mil. Geralmente no Senado e na Câmara. Lá também são pagos os maiores salários, mesmo para nível médio, que pode chegar a quase R$30 mil fácil.

Essas abominações tendem a ficar no passado. Alguns cargos deixaram de existir e só aquele pingo de gente continua ali porque a lei não pode retroagir e abaixar o salário desses caras ou mandá-los embora. Aliás, a estabilidade é uma das críticas mais ácidas contra o funcionalismo. Mas não é assim como o povo pensa, que ninguém é mandado embora. Realmente é muito mais difícil e mesmo com avaliações periódicas de desempenho, ainda temos muita falha nesse quesito. O maior número de demissões é por ilegalidade, desde acumulação de cargos a corrupção. Quando os números começaram a aparecer em 2003 até agora, já foram mais de 6 mil demitidos, só no Governo Federal.

A estabilidade muito criticada, tem como propósito evitar represálias e apadrinhamentos devido trocas de governo e investigações, como a Lava Jato, por exemplo. É bom lembrar que esta estabilidade que é conquistada pelos servidores só vale depois de três anos de exercício. Então esses três anos, chamados de estágio probatório, são exatamente o período onde o funça vai ser avaliado por um funça tetinha. Empregados celetistas não possuem estabilidade. Trabalhar no BB, na Caixa, nos Correios e etc. não dá estabilidade, apesar de demissões não ocorrerem como na iniciativa privada. Os Correios, por sinal, possuem uma estabilidade maior devido a prestação de serviço garantido na CF.

Apesar que nem sempre foi assim. Todo mundo conhece o discurso amargurado dos sindicalistas sobre as demissões na era FHC. Eu não sei exatamente o que rolava, mas tinha sim algumas demissões injustas, principalmente devido falhas na legislação, e depois surgiram algumas jurisprudências, Súmulas e etc. para garantir um respeito maior a CF.

Nisso temos vários problemas. Cobrar produtividade é fácil na Receita Federal, por exemplo, e inclusive já existe e há pouco tempo foi implementado bônus salarial por isso. Mas cobrar a produtividade de uma recepcionista, apesar das avaliações existirem, não é tarefa tão simples. Nem mesmo em empresas privadas. Meta de xerox? De carimbo? Meta de marcar agenda? E muito do serviço público é burocrático, então fica meio difícil cobrar uma produtividade igual do setor privado que visa o lucro e lida com metas em cima disso.

Em alguns casos, servidores acabam cumprindo essa produtividade estabelecida de forma errada. Policiais também tem metas. Já teve casos divulgados na mídia sobre a indústria da multa e até mesmo Policiais Rodoviários que sopravam o bafômetro eles próprios pra cobrir a cota de fiscalizações feitas. Não se esqueça: o brasileiro é FDP. Não acho que só o poder que corrompe o homem. Na verdade acho que essa canalhice já está em muitos brasileiros, afinal nossos políticos não são importados.


Como um animal como esse que nem falar direito sabe, passa na PRF e ainda desperdiça
essa oportunidade?


Não há dúvidas de que o serviço público pode e deve melhorar, com treinamentos, avaliações e investimentos adequados. Já foi mostrado em várias pesquisas que o Brasil perde em produtividade tanto no setor público, quanto no privado, em comparação com outros países. A crise está aí, a máquina pública está relativamente inchada, mas não necessariamente está sobrando funcionários, pelo contrário. E não dá pra montar uma administração pública totalmente espelhada no setor privado. Uma empresa na época de crise demite geral, ela pode fazer isso pra economizar e equilibrar os lucros ou aceitar lucros menores. Já o governo precisa prestar serviços a população, não dá pra simplesmente demitir vários servidores e deixar o povo sem atendimento e sem serviços públicos.

"Mas, então, deve reduzir ou não o salário Lixo?! Conclui logo esta porra!".


Minha humilde sugestão lixosa

Pois bem, muitos benefícios que alguns servidores tinham antigamente já foram ou estão sendo cortados. As pensões para as filhas de militares, se eu não me engano, acabaram para servidores que ingressaram em 2003. Em alguns tribunais onde a jornada era só de 6h, hoje é de 8h. E várias outras medidas.

Nesse sentido temos uma puta disparidade que causa um mal estar tremendo. Imagine se o salário for mesmo reduzido para R$5 mil. Um servidor que fez o concurso anterior, às vezes por questão de um ou dois anos apenas antes do novo servidor. O primeiro vai ganhar o salário anterior de R$10 mil e o segundo de R$5 mil. Bem foda né?! É normal que servidores que entraram primeiro ganhem mais devido a progressão de carreira, mas a diferença não é muita e não parece injusto. Já dessa forma, pra cumprir a mesma carga horária, fica bem chato.

Já que a lei não pode retroagir, vai demorar até todo mundo que ainda ganha muito morrer, seus familiares morrerem (pensões) e a coisa se equilibrar com todo mundo ganhando R$5 mil. Outro grande problema é a "umbiguez" que já citei neste blog. O Brasileiro Bostileiro sempre olha para o próprio umbigo apenas e não aceita fazer esforço algum para mudar a situação do país. Mesmo os servidores do alto escalão com vencimentos de mais de R$20 mil querem sempre aumentos acima da inflação, independente se o país está quebrado ou não. Veja que a Carmem Lúcia propôs que o STF fique sem aumentos ano que vem, e logo a associação dos filhos de rapariga magistrados soltou nota choramingando.

A solução ideal 

Na minha humilde opinião o STF, junto com a Câmara, Senado e Presidência deveriam se reunir e baixar uma norma falando: a lei vai retroagir SIM! Vamos baixar todos os salários (não necessariamente para R$5 mil), cortar benefícios e regalias de políticos, servidores e da porra toda. Se não quisessem fazer isso pra sempre, que fosse uma medida por sei lá, cinco ou dez anos.

A solução mais sensata

O óbvio deveria ser cumprido. Toda verba, com exceção da somatória de férias, não poderia passar do Teto Constitucional. Isso é o mínimo, e não cumprem. É simples: cortem todos penduricalhos, auxílios e etc. Não pode passar dos R$33 mil e pouco, PONTO!

Agentes políticos não deveriam ter salários altos e muito menos benefícios. Em alguns países alguns cargos, como o de vereador, nem remuneração recebem. Aqui o óbvio também: adeus apartamento funcional, viagens, telefone ilimitado, carro, seguranças de filme, verbas de gabinete e etc.

O Teto do Funcionalismo deveria ser reduzido. Mas qual valor? O valor ideal que tirei debaixo do braço pra fornecer, seria de R$15 mil bruto. Por que esse valor? Bom, já faz tempo que R$5 mil era um bom salário. É claro que a maioria da população não ganha nem R$2 mil direito, mas estudos indicam que o salário mínimo ideal seria R$3 mil e pouco. Só que em capitais o bicho pega, cargos altos são mais complexos, exigem nível superior (apesar de não ser mais diferencial como antigamente) e foda-se, bolei aqui que R$15 mil é um salário bom, justo e pronto!

Sem contar que com os descontos de previdência obrigatória e Imposto de Renda, o valor líquido seria de R$10.548,11 aproximadamente. É bom, é justo, é belo e moral! Mas, claro, sem auxílio nenhum. Nada de auxílio alimentação, creche, nada e nada. Talvez um plano de saúde e vale transporte e só.

Se a lei pudesse atingir todos os funcionários seria ainda melhor. Na minha ideia de macaco, quem ganhasse mais que 15 mil teria o valor reduzido pra 15 automaticamente. Quem ganhasse menos que isso poderia ter reduções proporcionais. Por exemplo: quem já ganha 15 mil abaixar pra 13. Quem ganha 13 abaixar pra 11. E por aí vai, mas com um limite em quem ganha 5 mil. Se não chega no cara que ganha 3 mil e muda pra 1 mil, aí já acho injusto.

É um completo devaneio? Talvez, mas garanto que teria resultados. Lógico que os servidores iriam choramingar, e óbvio que nenhum Político e Ministro iria aceitar ganhar 15 mil, mas reformas tem que ser feitas e devem começar justamente de cima.


Outras alternativas

Há várias outras medidas que poderiam ser feitas junto com minha "ideia genial" e outras que poderiam ser feitas à parte. Congelar salários de todas ou de algumas categorias por X anos, trocar parte do salário por bônus de produtividade e/ou de qualificação, PDV igual já foi proposto (mas o plano de desligamento deve ter intenção de trocar servidores antigos que ganham muito por servidores novos que na fase inicial de carreira ganham menos. Nunca com intenção de enxugar a máquina pública completamente, pois no Estado atual, temos déficit de funcionários), dentre outras medidas.


Não papai Estado. Não dá pra bancar tudo sempre que choram


Conclusão

Mudar só os salários iniciais do executivo como querem fazer não é muito justo. Se é pra mudar, que mude tudo. E como eu disse, deve ser foda você começar ganhando R$5 mil na Receita Federal sendo que um colega de trabalho que entrou no concurso anterior ganha R$20 mil. Eu como sou miserável, e tenho projeto de viver uma vida simples, talvez não me importasse tanto, mas no fundo estaria chorando em posição fetal. E como aqui é BR, difícil acreditar que alguém vá ser produtivo sabendo que alguém no mesmo cargo e com mesma carga horária ganha mais. Sem falar nas propinas, corrupção e etc., que já acontecem e podem piorar.

Agora, o mínimo já pode ser feito: PDV's, congelar salários (ao menos de categorias que ganham mais de R$10 mil, por exemplo e por determinado tempo), respeitar o teto constitucional e acabar com penduricalhos, acabar com todos os benefícios e regalias de magistrados e políticos.

No mais, existem posições mais liberais que não abordei, mas acredito que só de fazer o básico já melhora muito. Tenho um pouco de posicionamento liberal. Talvez o ideal seja o Estado se concentrar apenas nas atividades básicas. Outra hora penso que até mesmo educação e saúde poderiam ser privatizadas. Temos notícias de universidades prestes a fechar, como a UERJ e até federais. E todo mundo sabe que estão cheias de riquinhos. Aliás, é uma baita hipocrisia todos que detonam concursos, concurseiros, serviços públicos em geral, mas fizeram a população arcar com seus estudos. Talvez seria justo existir uma contribuição, ainda que simbólica, para estudantes que trabalham, que são ricos e etc. No SUS também poderia ter algo semelhante.

Ah, é claro, os impostos precisam ser revistos, ainda mais se algo mais liberal fosse implantado. O mais justo seria alguns serviços serem pagos só mediante contratação. Mas não acredito muito na ideia libertária de "todo imposto é roubo" e o Estado não deve existir. Primeiro que já foi assim antes, e basicamente a população mundial foi cobrando aos poucos mais e mais estado. O famoso "Welfare State". Segundo, não acredito muito no funcionamento disso, mas estou acompanhando o Liberland. E por último, é bizarro certos libertários dizerem que animais não tem direito, que pedofilia não é crime, que você pode pode vender sua mãe no Mercado Livre  e etc. (bota aspas nisso tudo e não me enche o saco).

No mais, nada muda...




*Atualização: ao que tudo indica o máximo de R$5 mil pode durar apenas durante o estágio probatório (hoje é 3 anos, mas talvez usem mais ou menos tempo); Vão cobrar respeito ao teto; Congelar aumentos e algumas outras medidas.

-----------------------

Temer, se estiver lendo este post já sabe que o básico dá pra você fazer, seu imundo! E eu vou continuar tentando uma vaguinha no serviço público, pois como já disse sou burro, fracassado e inapto pra qualquer outra coisa. Já desisti de riquezas e ainda que o salário seja de R$5 mil, pra mim que sou um lixo ainda tá valendo. E pra você?

Abraço do Lixo!

Próximo post amanhã, depois de amanhã, semana que vem, sei lá!!!
 Anota aí! ;) 

Posts fixos: Atualização Financeira e Considerações sobre o mês - até o dia 05 de cada mês
Posts especiais: Quando der na telha (de preferência aos sábados ou domingos);

Fala que eu te leio: umserlixo@gmail.com; inbox via face; formulário de contato ao lado; comente ou pombo correio para o lixão mais próximo. 

Curta a página do Lixosiga o Lixo, inscreva-se no meu canal lixo. Não vai acrescentar nada na sua vida nem na minha, mas vai lá, ou não...

Comente com Facebook ou pelo Blogger:

30 comentários:

  1. Porra Lixo, post inspirado hein?

    Sendo um gradualista concordo com tudo que você falou, mas ancap que sou, passaria de tanque por cima dos políticos e suas mães e todos os parasitas que se opusessem as minhas toneladas de liberdade. Ao longo da história sempre existiram comunidades ancaps que foram destruídas por algum monarca ou republicano. Um exemplo mais próximo do ideal ANCAP e de nossa historia é a cidade de Canudos-BA liderada pelo Antonio conselheiro. Pois apesar de ter uma hierarquia católica, os sertanejos eram livres e não havia cobrança de impostos. A cidade se desenvolveu tanto que criou um fluxo de imigração, fazendo com que trabalhadores rurais saíssem de fazendas para a comunidade. Chamando a atenção dos fazendeiros e gerando tanta raiva que os latifundiários exigiram dos generais da incipiente republica que iniciasse uma guerra contra a comunidade.

    Além de ferrar com a cidade o governo ainda criou a primeira favela do RJ, pq os soldados que lutaram na guerra não tinham grana (o governo não pagou) e nem alojamentos (nº muito alto). Lembrando que a cidade do Rio de Janeiro era a capital do brasil na época. Como sempre o governo prometendo e não cumprindo...

    Se você lê a história de canudos por fora dos resumos dos livros do MEC, vai entender porque era uma cidade tão foda.

    Agora esse negócio de pedofilia, vender a mãe no ML e etc. É espantalho criado por esquerdista tentando desmoralizar o movimento. Que muitas vezes sequer entendem o PNA (principio de não agressão) e a praxeologia.

    Agora é justo fazer remoção física de comuna? Sim! Pois eles desrespeitam completamente a ideia de PNA, a ideologia deles já parte do principio que você não é um indivíduo pensante, mas apenas uma peça da comunidade e um bem maior e pela comunidade ser maior e "mais importante" que o indivíduos, você não tem direitos e propriedade privada não existe.

    Olha a retardadisse, você não é dono nem do seu próprio corpo! Por isso Karl Marx defendia a socialização da mulher (prostituição forçada), de uma certa forma até conseguiram o que queriam (orgias nos DCEs, militantes e etc).

    Só existe a liberdade, ou tons de socialismo.

    Abraços de outro lixo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo relato P.S! Hoje tenho certa visão liberal, mas nada tão próximo de ANCAP. No futuro talvez eu mude de opinião, e preciso ler mais sobre o assunto. Valeu por trazer este conhecimento aqui.

      Excluir
  2. Perfeito, lixo!
    Abraço de um mais lixo ainda.

    ResponderExcluir
  3. Espero que aprove essa merda, onde já se viu ganhar fortunas pra ser um burocrata imundo, tenho nojo da burrocracia e dos burrocratas. Agora o temer não pode querer cagar na cabeça dos militares(forças armadas, pm e bombeiros) e de outra meia dúzia de órgãos que prestam, vide ABIN, PF e etc. Agora os burocratas da receita tinham que ganhar Milão pra aprenderem a extorquir a nação em troco de migalhas, são como meretrizes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se é a maioria, mas boa parte dos militares já são ferrados. Claro que muitos deles depois do curso não fazem porra nenhuma, mas até pouco tempo o inicial de 3º Sargento da Aeronáutica não passava de 3 e 500. Isso depois de fazer toda aquela merda deles lá e com progressão de carreira de "mil anos". Marinha então nem se fala. Tinha um colega meu que ganhava 800 reais concursado. Se for pra ganhar isso eu sou mais me cadastrar no Bolsa Família.

      Excluir
  4. Também aceito os 5k. Sou frugal, só quero uma fonte pra aportar. Foda-se as baladas, pegação e macaquices sociais!
    Só não me venham com seleções cretinas! Como típico beta sem talento, nunca consegui nada por entrevista ou currículo, nem bolsa lixo de R$ 400 na universidade. Foi só tacar o foda-se e já passei num concurso, cargo lixo administrativo da própria universidade, tô esperando a nomeação, pelo menos não vou me formar desempregado nem mendigar no Mestrado como 90% dos coleguinhas. Agora é só seguir a velha tática do concurso escada! kkkk

    Não esperava um post tão elaborado, concordo com praticamente tudo. Muito bom, Lixo. Gosto desse estilo crítico e informativo recheado de Redpills e humor politicamente incorreto.

    Ah... e por falar em mestrado e universidades, por mim fechava tudo mesmo. As UF, IFs não passam de um câncer no orçamento. Sério, até um cartório de funças carimbadores é mais eficiente que isso. Povo fala que educação muda o País e esquece que a maioria dessas merdas não produzem pesquisa relevante e só ensinam teoria ultrapassada inútil pro mercado, fabricando desempregados em massa e montando esquema de pirâmide na área acadêmica, onde a mesma panelinha cata bolsa do 1º período da graduação ao Doutorado, todos riquinhos classe mérdia, enquanto os betas por mais esforçado que seja mal pega um projeto voluntário.
    Sinceramente, urrei em louvor quando anunciaram corte das bolsas CNPq, não pela filhadaputagem do governo, mas por quebrarem as pernas desses eternos acadêmicos parasitas. Um funça é menos parasita que esses caras. pqp

    Um forte abraço, Lixo! Boa sorte nas provas e finanças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Deus Petisco.

      Ótimo comentário sobre as universidades. Acrescento que o mínimo que deveriam fazer é cobrar alguma taxa, mensalidade ou qualquer coisa. Eu que sou um pobre fodido tive que fazer uniesquina, enquanto vários playboys e patricinhas só querem saber de fazer federal.

      Eu ainda acho que um funça onera menos o cidadão, pois ele está recebendo um valor em troca de seu serviço. Já os universitários recebem educação paga pela sociedade e não oferecem nada durante aquele período e no futuro oferecem muito pouco ou nada.

      Excluir
  5. Isso aí ser lixo. Eh o anom dos três tiros aqui Tem funça que eh safado mesmo e se aproveita dá situação.

    Correios e polícia eu vejo trabalhando bastante. Mas tem certos cargos burocráticos que são fodas. É até bombeiros,minha irmã eh bombeiros e trabalha um dia e folga 3 e ainda acha ruim. Ganha 5 mil e faz nada. Tanto que muitas ocorrências quem dá conta eh a SAMU e etc. Eles que pegam as ocorrências fodas.

    Bom,ando bastante nos correios e vejo o pessoal trabalhando muito,não tenho a me queixar pois dependo deles pra fazer vendas e ter minha renda,não ganham tão bem também mas em geral,cartsiros, e motoristas pegam no batente. Se fodem tendo que lidar com vários chimpas asquerosos e eu já vi muitos,pois frequento muito essa instituicao

    Sonho de riqueza no Brasil eh foda. Eu ainda sonho com isso sendo um empreendedor to com. Novas ideias pra sair dá merda. Meu preço eh bom é justo e vou desenvolver novos produtos. Eh foda quando vejo vendedores do mercado livre fazendo 10 mil vendas e sinto inveja pois meu negócio eh pequeno ainda. Ao entrar nesse mercado que você sabe qual eh lido com fornecedores,atendentes pé de chinelos ganhando salários de fome e eles são prestativos,mesmo ganhando pouco e talz. A rede vai se formando eu passo strees pra burro pois a minha cliente-la eh exigente aqui. Meu negócio eh rede privada e informal de certa parte. Bom,decidi que quando melhorar minha renda irei me cadastrar no mei onde pagarei 50 conto mensal e terei direito a alguns benefícios nada animadores kkk,n sei se você conhece ele,quem concedeu isso foi o lula e tirou muitos ambulantes dá informalidade. Penso em segmentar outros ramos eh difícil falar mas tenho muitas ideias mas falta capital. Fico puto quando vejo as vezes gente gastando dinheirama em casamentos imbecis enquanto isso eu choro pra ter 2 milas pra tocar meus negócios. Gerar renda,criar mercados e etc.

    As vezes lembro do pobretão quando ele fala sobre porque Deus dá asas a esses inúteis? Minha dificuldade tá enorme pra conseguir crédito e economizo tudo o que posso pra continuar aumentando os lucros,no meu próximo negócio irei comprar borrachas e contratar um sapateiro pra fazer um corte. Eh um produto novo que estou desenvolvendo é você ficará sabendo. Tenho esperanças e adoraria já entrar investido nas publicidades do Google,Facebook,mercado livre e etc. Ser empreendedor de fato n eh fácil,todo dia eh foda matando um leão,quem sabe um dia o anom Dos três tiros chegue dizendo que melhorou de fato de vida? O sonho continua,me arrepiei ao ver as fotos do cr7 na sua mansão com. Sua Lamborghini

    Falta um empurrão pra ir pra frente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelo comentário, amigo. Continue firme e relatando seus empreendimentos. Desejo sorte e muita grana pra você, para no futuro colocar umas publicidades aqui no blog, ok?! kkkk Abraço!

      Excluir
  6. Fala, Ser lixo

    Os funças são um grande problema dessa patria, aqui na Paraíba, eles são deuses, tem por todos os cantos( Inclusive a minha mãe é uma). Acho que eles desequilibram demais o mercado de trabalho, seu post foi matador. Lancei meu blog recentemente e queria fazer parte do seu blogroll, tem como?
    Se puder dá uma passada lá no meu blog, tem um post novo.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Inclusive a minha mãe é uma" kkkkkk eu ri aqui. Valeu House, vou adicionar aqui e visitar.

      Excluir
  7. A imprensa tá caindo matando, mas a verdade é que só vão conseguir ferrar com os funças mais fraquinhos mesmo. Já começa errado quando não incluem judiciário e legislativo nesses planos. Outra coisa, o que mais onera a folha de pagamentos atualmente são os funças antigos e aposentados, nisso sim que deveriam mexer e foda-se essa história furada de direito adquirido.

    Esses cargos simples, tipo motorista, garçom etc ganhando uma puta grana deveriam ser abolidos imediatamente. No resto, é só questão de gestão mesmo, colocar uma lei inteligente. Esses órgão devem ser geridos como empresas, apenas com analistas e técnicos especializados como funcionários públicos e o resto dos serviços terceirizados. Tem muito órgão inflado pq num local que precisa de 2 analistas que administram o serviço todo, respondem pelo estado e iriam gerir uns 5 funcionarios terceirizados, o sindicato entra na briga e obriga o governo a fazer concurso e contratar mais 4 analistas, aí ficam os 6 lá ganhando bem e o serviço em si não rende nada.

    De resto, basta gerir e mirar os serviços para realmente ajudarem a sociedade. Maioria dos funças de carreira já trabalham bastante e nem ganham tanto assim.

    ResponderExcluir
  8. O brasileiro médio é o bixo mais invejoso do mundo. Os caras não tem disposição para estudar pra um bom concurso ou coragem para empreender daí ficam jogando suas frustrações pra cima dos outros. Que vergonha.

    Ademais, todos sabem que o Temer vampirão quer apenas achar um bode espiatório pra colocar a culpa da crise, e decidiram que esse seria o servidor público. De nada adianta o executivo federal criar essa medida e não resolver as reais causas do problema. Outro ponto é, se e os Estados não se comprometerem a seguir os tetos que constam na Constituição e o Legislativo e Judiciário não entrarem na linha a reforma não será efetiva.

    O que realmente deveria ser feito: Corte de penduricalhos, vedar reajustes, limitar o salário ao teto do STF, gastar o dinheiro de forma eficaz.

    Portanto não deve-se colocar todos no mesmo bolo, trabalhos como de auditores, delegados e juizes, apesar de odiados (na verdade, invejados) são de alta complexidade, risco e trabalham muitas vezes com grandes interesses e quantias vultuosas de dinheiro, portanto devem ser remunerados de forma condizente, assim como é na iniciativa privada, onde um gerente de área em uma indústria de porte considerável ganha facilmente +20k+PL quando é promovido para essa função, portanto é seu salário inicial como gerente.

    Pensando friamente, deixando o emocional de lado, credito que no entre 8-12k iniciais com o teto do STF (33k) como salário final à ser atingido após 20 anos de carreira aproximadamente, tempo necessário para que o servidor amadureça, adquira experiência e trabalhe nas atividades mais relevantes de sua função.

    Mas de fato 20k inicias e auxílio abusivos devem de fato ser cortados de fato, pois chega à ser imoral e vergonhoso com o povo brasileiro.

    Deixem a inveja de lado e usem a cabeça para pensar e seguir em frente nos seus objetivos, do contrário serão betas a vida toda.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também concordo que alguns cargos não tem como ter um salário baixo, e até o governo não deve prosseguir com isso. Mas temos que admitir que nem tudo que é legal é moral. E nem todos querem trabalhar no serviço público ou são incapazes, apenas sabem o quanto é ridículo um motorista do Senado ganhar 20 mil, por exemplo.

      Eu sou empregado público de baixo escalão e vou continuar estudando para concursos, mas tenho que reconhecer que algumas medidas são necessárias para a economia do país. Se eu não reconhecesse isso eu seria apenas um esquerdista, grevista, sindicalista... e "istas" imundos!

      Excluir
    2. Não tenho inveja de comunista (99% do funças sao). E paises maravilhosos como os EUA ninguém quer ser funça é coisa de fracassado.

      Excluir
  9. Nada mais importa, com reforma ou sem reforma da previdência, nosso país irá quebrar em 2025 (http://veja.abril.com.br/economia/previdencia-reforma-deve-segurar-contas-ate-no-maximo-2025/) depois que a inflação estiver em 600% e as empresas estiverem falidas, quero ver o que será do funcionalismo público. Continuarei estudando para ser funça, pelas mesma razões que você, lixo, contudo, por ter 19-20 anos, duas vezes na semana eu estudo matemática, geografia e história, pois caso a minha ideia se comprove, iria cursar medicina, apenas continuo no Direito, por gostar de estudá-lo, uma pena estar sendo destruído por tolos.

    Quanto ao funcionalismo, minha opinião é bem clara quanto a isso, os único que deveriam ganhar bem (R$ 15 mil reais ao mês) são aqueles servidores de carreiras públicas de Estado (Diplomatas - Juízes - promotores etc) o resto não deveria passar de RS 5 mil, sendo que carreiras políticas (Vereadores - prefeitos - governadores etc) não deveriam de ser remunerados, os únicos que têm o direito de tomar posse nesses cargos são grandes homens que já não necessitam de dinheiro e apenas querem contribuir para o país.

    Boa sorte, a todos betas deste Brasil.

    RobertoRS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Medicina vai passar pelo mesmo processo de sucateamento que ocorreu com Direito, depois com a Engenharia e agora com o que estão tentando fazer com serviço público, mas ainda é a melhor alternativa nesse bostil. Mas por ser mais velho que você eu te recomendo à ser sempre adaptável, quando eu entrei no meu curso ele era considerado "o curso" do futuro, geral pagava pal, hoje em dia ta foda, mas é assim mesmo, as coisas mudam e as pessoas tem q se adaptar! Grandes negócios de antigamente quebraram pois não tiveram essa capacidade, já outros cresceram porque ao invés de chorar, venderam lenços.

      " os únicos que têm o direito de tomar posse nesses cargos são grandes homens que já não necessitam de dinheiro e apenas querem contribuir para o país." Você realmente acredita nessa balela? Esses "grandes homens" só estão lá pra satisfazer seus próprios interesses, ou você acha que um homem rico igual Donald Trump ou George Bush foram presidentes apenas para contribuir com a nação?

      Ademais, as pessoas deveriam parar de tratar as profissões que atendem as pessoas, profissões de caráter mais público, não só os servidores, mas médicos e dentistas como profissões que você deve aceitar ganhar pouco só porque está lá por amor. As pessoas ganham por aquilo que elas oferecem, pela lei da oferta e procura e pelo poder que carregam (gerentes ganham mais que seus subordinados, mas as vezes é uma questão de hierarquia, não por gerar mais valor).

      Sejam mais inteligentes, racionais e menos preguiçosos, invejosos e mocinhas que levam tudo pro lado de "todo mundo tem que se foder comigo" e foquem suas energias e pensamentos onde interessa, aproveitem as oportunidades! Seja na medicina, se especializando antes que proliferem várias faculdades de medicina por aí, seja serviço público passando em um cargo de alta responsabilidade ou empreendedorismo, que são as únicas coisas que ainda salvam no Brasil.

      Abraço.

      Aspirante à Alfa.

      Excluir
    2. RobertoRS, se eu não me engano o rombo de 2018 também está em 159 bi, e isso considerando a reforma da previdência. Realmente o cenário é espantoso e tem muito retardado achando que isso tudo "é golpiii".

      Eu não tenho coragem e acredito não ter potencial para empreender, então vou continuar estudando sim para concursos. Mas mesmo estando velho não descarto a possibilidade de tentar medicina também não. O futuro vai ser foda até pra gloriosa MED, mas ainda é uma das poucas profissões onde você pode trocar seu serviço por um bom dinheiro. Até na guerra ou na merda de um apocalipse zumbi os médicos tem muito mais valor que qualquer outra profissão lixosa.

      Excluir
  10. Um passo já foi dado, ao que parece ao menos a aposentadoria do executivo será igualado ao teto do INSS na reforma da previdência !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada mais justo, assim como respeitarem o teto.

      Excluir
  11. Ser Lixo, eu era um assíduo leitor do seu blog desde meados de 2016 mas em virtudes de merdas da vida e falta de tempo parei de ler seu blog. Essa madrugada tive o grato prazer de me atualizar lendo seus post desde novembro de 2016 até hoje. É incrível como vc melhorou o conteúdo e o blog de um modo geral, parabéns.
    Vc disse em um post anterior a esse que tem aceitado a ideia de uma vida mais simples e sem muitas ambições. Eu também cheguei a essa conclusão. É maravilhoso tacar o foda-se pra tudo e admitir o fracasso. Se já partirmos dessa ideia teremos a mente mais leve e sem pressão para enfrentar os desafios que nos propomos como concursos públicos. Vamos e fazemos o que podemos, se passarmos beleza, se não passarmos foda-se também. É maravilhoso levar a vida sob esse prisma.
    Algumas coisas mantém minha sanidade e me permitem viver nesse estilo de vida desapegado: o fato de eu ser jovem sem responsailidades, não ter filhos nem ser casado, ter meus pais e não ser um largado fodido no mundo entre outras coisas. Seu blog me dá mais certezas e convicções de que nao estou sozinho e que este realmente é o melhor caminho para quem nasceu beta e fodido, obrigado por tudo Ser Lixo e continue sempre com o blog e os podcasts.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "É incrível como vc melhorou o conteúdo e o blog de um modo geral" talvez sim, talvez não kkkk mas realmente a cada dia eu mudo alguma coisa no meu jeito de pensar e escrever.

      Estou neste processo mesmo de ajeitar minha mente e buscar uma vida simples. O grande Pobreta trouxe grandes ensinamentos, e eu mesmo já quis ser milionário com Panicats e Camaro, mas hoje, mesmo aportando para o milhão, isso é mais um símbolo do que um objetivo de vida.

      Valeu amigo!

      Excluir
  12. Olá Ser Lixo... resolvi criar um blog após um tempao acompanhando blogs de finanças. Irei discutir muito sobre relacionamentos, finanças, dicas de livros e a vida de sobrimento que todos nós meros betas passamos ao longo da vida. Eis meu blog:

    https://gariadvogado.blogspot.com.br

    Abraço

    ResponderExcluir
  13. Sou militar, major do exército, tenho 20 anos de carreira e ganho 9.500 líquido. Como moro no meio da selva, numa cidade ruim, em que só se chega de barco ou avião, em que a saúde é precária, falta luz direto e internet é pior que discada, ganho um adicional em que, enquanto estiver aqui, o líquido fica em 11 mil.
    Ganharei ridículos aumentos de 184 reais quando for promovido a Tenente Coronel e mais 185 reais quando for promovido a Coronel, isso num intervalo de 10 anos...
    Pelo que faço e nível de responsabilidade de um Comandante de Batalhão com 500 homens, por exemplo, acho pouco, um Coronel em fim de carreira ganhando 10 mil.
    Ah, só escrevi para dizer que a pensão das filhas solteiras acabou em 2001. Nessa reforma muitos direitos dos militares foram perdidos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase acertei, pensei que fosse 2003. Essa pensão é um lixo, mas também era de uma outra época onde as mulheres eram "oprimidas" pelos machistas kkkk

      As Forças Armadas ainda tem um bom nome, mas uma carreira bem ruim mesmo. 20 anos de carreira ganhando isso é meio foda. Mas acho difícil a valorização da carreira militar por vários motivos, mas o principal é pelo nosso país não se envolver diretamente em guerras e conflitos. Você sabe melhor do que eu. Sei que tem as missões e etc., mas a atuação dos militares me parece ainda muito mais de reserva.

      Acho que é assim que os burocratas e políticos vagabundos pensam. Tudo é na base do interesse e no valor que eles acham que determinada carreira tem. Acredito que seja por isso que o judiciário e a área fiscal se valorizou tanto.

      Excluir